Sobre o comportamento das coisas

Achei essa frase antotada em um dos meus mil caderninhos antigos: “Não quero saber como as coisas se comportam, quero inventar comportamento para as coisas.”  Embaixo diz que é do Manuel de Barros.

Anúncios

4 comentários sobre “Sobre o comportamento das coisas

  1. Eu quero uma casa no campo, onde eu possa compor muitos rocks rurais. E tenha somente a certeza dos amigos do peito e nada mais. Eu quero uma casa no campo, onde eu possa ficar no tamanho da paz. E tenha somente a certeza os limites do corpo e nada mais. Eu quero carneiros e cabras pastando solenes no meu jardim. Eu quero o silencio das linguas cansadas. Eu quero a esperaça de óculos e um filho de cuca legal. Eu quero plantar e colher com a mão a pimenta e o sal. Eu quero uma casa no compo do tamanho ideal, pau-a pique e sapé, onde eu possa plantar meus amigos, meus discos e livros e nada mais. (musica Tavito, letra Ze rodrix, cantora Elis Regina, arquitetura Maria Alice Andrade de Carvalho)
    As obras foram sonhos um dia.
    Mamãe

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s